ANVISA analisa novos pedidos de autorização da Sputnik V e COVAXIN

4 de junho de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) analisará ainda hoje novo pedido de importação da vacina indiana COVAXIN e a autorização da vacina Sputnik V, cujas doses já estão disponíveis no Brasil.

Em 30 de março de 2021, a agência rejeitou a importação de 20 milhões de doses da COVAXIN por falta de documentos que atestassem a qualidade sanitária do laboratório Serum of Institute, além de negar o certificado de boas práticas.

Já com a Sputnik, houveram duas recusas pelo órgão: em 19 de janeiro, por faltar documentos e em 26 de abril por presença de adenovirus vivos na vacina.

As únicas vacinas aprovadas pela ANVISA até agora são:

Uso definitivo

  • Tozinameran (Pfizer/BioNTech)
  • Covishield (Universidade de Oxford/AstraZeneca)

Uso emergencial

  • CoronaVac (Instituto Butantan/Sinovac)
  • Ad26.COV2.S (Janssen/Johnson & Johnson)

A expectativa é de que a reunião comece às 14:00 h.

Fontes