40 mil anos de prisão por atentados

Attention niels epting.svg
Como parte da política de proteção do Wikinotícias, esta notícia está protegida.

31 de outubro de 2007

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

A Justiça espanhola condenou 21 dos 28 acusados de planejar, executar ou auxiliar na preparação dos atentados terroristas de 11 de março de 2004.

A ação, considerada a pior da história européia, feita por terroristas islâmicos, matou 191 pessoas e feriu outras 1800.

No dia do ataque, dez mochilas explodiram em trens do metrô da capital espanhola no horário de pico do movimento, quando muitos seguiam para o trabalho.

O juiz do caso, Javier Gomez Bermudez, leu os veredictos em uma sala de audiência, com esquema de segurança reforçada.

Fontes