Uganda declara surto de Ebola

23 de setembro de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Uganda
Últimas notícias:

Autoridades de saúde de Uganda declararam um surto de ebola no dia 20 passado. A doença, de fácil contágio e alta letalidade, já provocou a morte de ao menos uma pessoa. Outros seis casos já foram confirmados e 10 pessoas, que ainda aguardam o resultado dos exames, estão recebendo tratamento no hospital de referência regional em Mubende, distrito onde a doença foi confirmada.

Segundo a OMS, a localização de Mubende pode ajudar a espalhar o vírus. "Mubende fica na região central de Uganda e fica a cerca de duas horas de carro da capital Kampala e fica ao longo de uma estrada movimentada que leva à República Democrática do Congo. Existem minas de ouro na área, que atraem pessoas de diferentes partes de Uganda, bem como de outros países. A natureza móvel da população em Mubende aumenta o risco de uma possível propagação do vírus", reportou a Organização em seu portal.

Para ajudar a debelar o surto, a OMS enviou uma equipe técnica para Mubende para apoiar a vigilância sanitária na região.

O ebola

O ebola é uma doença grave, muitas vezes fatal, que afeta humanos e outros primatas. Há seis espécies diferentes de vírus causadores, três dos quais (Bundibugyo, Sudão e Zaire) já causaram grandes surtos anteriormente. As taxas de letalidade do vírus do Sudão (detectado em Uganda) variaram de 41% a 100% (taxa de letalidade média de 70%).

Segundo a OMS, o início precoce do tratamento de suporte ajuda a reduzir significativamente as mortes por ebola.

Notícias Relacionadas

Fontes