Tempestade subtropical Yakecan se forma no Uruguai; Brasil também está em alerta

17 de maio de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Tempestade subtropical Yakecan na costa do Uruguai em 17 de maio de 2022

O ciclone subtropical que estava afastado da costa, fez um movimento retrógrado e se intensificou, transformando na tempestade subtropical Yakecan na costa do Uruguai.

A Marinha do Brasil monitora o sistema, mesmo estando fora da sua área de responsabilidade pois há risco de severos estragos por causa da forte ventania e provável "landfall" que o ciclone pode fazer.

Por causa do ciclone, uma pessoa morreu atingida por uma árvore no departamento de Maldonado e outra está desaparecida no estado do Rio Grande do Sul.

A tendência, segundo o Centro de Hidrografia da Marinha (CHM), é que o sistema de baixa pressão se intensifique ainda mais e obtenha características tropicais nas próximas horas.

Precipitação invernal, geada e geada negra

Neve, chuva congelada e a rara chuva congelante foram registradas nas serras gaúcha e catarinense, formadas por uma alta pressão extremamente intensa e a posição de Yakecan, repetindo o feito que ocorreu em junho e julho do ano passado onde uma severa onda de frio associada a tempestade subtropical Raoni também causou precipitação invernal.

Fontes