Suíça facilita a cidadania para os imigrantes de terceira geração

13 de fevereiro de 2017

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Os eleitores suíços decidiram no domingo que querem tornar mais fácil para os "estrangeiros de terceira geração" obter a cidadania suíça. Eles também rejeitaram uma complexa iniciativa de reforma tributária destinada a colocar a Suíça em conformidade com os padrões internacionais.

A medida "naturalização simplificada de imigrantes de terceira geração" foi aprovada em um referendo nacional com 60% dos votos, informou a emissora suíça SRF. Ela simplifica os pedidos para menores de 25 anos cujos pais e avós tenham morado na Suíça há anos, dando aos jovens que qualificam o mesmo acesso rápido e simplificado à cidadania suíça que os cônjuges estrangeiros de nacionais suíços costumam desfrutar.

A iniciativa de cidadania atinge pouco menos de 25.000 pessoas, mas as implicações a longo prazo são de longo alcance. Aproximadamente um quarto da população total de 8,2 milhões de suíços é estrangeiro, uma das porcentagens mais elevadas na Europa.

Fonte