Abrir menu principal

Wikinotícias β

Ramos-Horta diz que pensa em renunciar

8 de abril de 2008

O presidente timorense, José Ramos-Horta, admitiu a hipótese de não terminar seu mandato em declarações ao jornal The Australian. "Vou dirigir-me ao Parlamento quando voltar e não vou prometer que completarei o mandato até o fim", afirmou Ramos-Horta, que está na Austrália se recuperando de um atentado que sofreu há quase dois meses, na entrevista.

"Saberei disso quando voltar para casa, para o local em que atiraram em mim (...). De modo geral, sou uma pessoa muito sensível, mas também posso ser forte e frio", disse o presidente timorense. O líder diz ainda que a crise após o atentado permitiu constatar que o presidente interino, Fernando Lasama de Araújo, "passou um teste crucial". "Todos o aplaudem. Eu fico mais tranqüilo, porque agora sei que, se pedir a demissão, há um ou dois que podem ocupar o cargo", concluiu Ramos-Horta.


Fontes