Quenianos se despedem do ex-presidente Kibaki

29 de abril de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O Quênia realizou um funeral de Estado na sexta-feira para seu terceiro presidente, Mwai Kibaki, que morreu na semana passada aos 90 anos. As autoridades estão saudando Kibaki por transformar a economia e a educação do Quênia.

O presidente queniano Uhuru Kenyatta liderou outros líderes africanos e dezenas de milhares de quenianos na última homenagem a Kibaki.

“Estamos aqui não apenas para lamentar uma perda incalculável, mas também para celebrar uma vida magnífica”, disse Kenyatta. “Celebramos um homem de fé, um homem de família, um homem de honra e um homem que sempre colocou o Quênia e os quenianos em primeiro lugar”.

Kibaki liderou a nação da África Oriental entre 2002 e 2013, quando renunciou após dois mandatos.

O presidente sul-africano, Cyril Ramaphosa, estava entre os líderes que participaram do culto de oração no estádio Nyayo, em Nairóbi.

“Lembramos do presidente Kibaki pela liderança que demonstrou não apenas ao Quênia, mas também ao continente africano”, disse ele. “Nós nos lembramos dele por seu compromisso com o povo do Quênia e, de fato, com todos nós africanos.”

Fontes