Abrir menu principal

Wikinotícias β

Quatro cabo-verdianos concorrem nas eleições municipais de novembro

Agência VOA

21 de setembro de 2017

Brockton é a cidade americana com maior número de cabo-verdianos

Quatro cabo-verdianos concorrem às eleições municipais na cidade americana de Brockton, no Estado de Massachusetts, no próximo dia 7 de novembro.

Nas primárias de terça-feira, 19, passaram à fase final um candidato à presidência da Câmara Municipal e três ao cargo de vereadores, sendo um deles candidato à sua próxima sucessão.

Tina Cardoso, a primeira mulher nascida em Cabo Verde a concorrer a um cargo público nos Estados Unidos acredita estar próxima de se eleger city council, um cargo equiparado ao de vereador.

Depois do resultado, Tina, como é conhecida, não escondia a sua alegria e emoção.

"Hoje foi um dia muito especial, nem posso explicar porque vou chorar, recebi muitos apoios", disse em crioulo.

Derek Barros, outro jovem concorrente a um lugar entre os 11 vereadores, também conseguiu o passaporte para a eleição de novembro.

Quem há muito tem o lugar garantido na eleição de novembro é Moisés Rodrigues, presidente da Associação Cabo-verdiana de Brockton e vereador, concorrendo assim a um segundo mandato num distrito onde praticamente não tem adversário.

O presidente da Câmara Municipal de Brockton Bill Carpenter parte na frente para a sua eleição a um terceiro mandato, mas tem como principal adversário o americano-cabo-verdiano Jimmy Pereira, que se lançou pela primeira vez na corrida.

Embora Carpenter tenha tido mais votos do que os demais cinco concorrentes juntos nas primárias, Pereira acredita poder reunir todos aqueles que querem uma cidade diferente.

Ele diz que como filho de emigrante a sua gestão será diferente.

“Será mais inclusivo, não seletivo, vamos assegurar que todos terão voz e todos serão ouvidos, uma política de portas abertas”, explicou Jimmy Pereira.

Brockton, com cerca de 100 mil habitantes, é considerada a cidade mais crioula fora das ilhas em virtude de ter uma enorme população que emigrou de Cabo Verde.

Fonte

Compartilhe essa notícia: