Prefeito de Nova Orleans pede aos moradores evacuarem para longe do furacão

31 de agosto de 2008

Mapa destacando a localização da Nova Orleans/Orleães dentro de Louisiana.
Ficheiro: 1=Rsg.

Nova Orleans, Louisiana

Ray Nagin, o prefeito de Nova Orleans, Louisiana, ordenou a evacuação obrigatória da cidade longe do Furacão Gustav.

Nagin afirma que os moradores "necessitam de serem assustados", em que ele chama "a mãe de todas as tempestades". Os moradores estão saindo fora da cidade na noite de domingo. Apesar do anúncio, dezenas de milhares de pessoas já tinham começaram fugir da cidade no sábado. Nagin também declarou que, como muitas das 10.000 pessoas foram levadas para fora da cidade, sendo fornecidas por autocarros (ônibus), comboios (trens) e aviões.

"Esta tempestade é tão poderosa e cada vez mais forte a cada dia. Eu não estou certo de que tenha visto nada como isto", disse Nagin à repórteres durante uma conferência de imprensa no sábado.

"Se você é teimoso o suficiente, se você não for tomado esta tão grave como precisamos de você para levá-la e se você decidir a sua estada; você está no seu próprio país. Qualquer pessoa que decide a permanência, eu vou voltar a dizer como eu disse antes de Katrina: certifique-se de ter um machado, porque você será talha o seu caminho, ou rebentando o caminho para sair do seu sótão para chegar ao telhado com suas águas que você será cercado com a este evento", disse Nagin durante um comunicado de conferência da imprensa ontem.

Os membros da Guarda Nacional da Louisiana se preparando para as operações.

Junto com a emissão de ordem de evacuação obrigatória, Nagin detalhou até madrugada uma ordem de toque de recolher e disse que os serviços de emergência seria indisponível após 4 horas de segunda-feira, sul da Auto-estrada 22. Ele continuou, explicando os planos para a evacuação de 500.000 residentes da área de Nova Orleans, incluindo a utilização de faixas contra-circulação em grandes eixos rodoviários e da utilização de mais de 1000 autocarros/ônibus ajudarem esforçar a evacuação. Ele também detalhou os preparativos provisórias, incluindo mais de 1500 pessoal da Guarda Nacional a serem deslocados na área dos cuidados médicos e de provisões.

Entre 29 a 30 de agosto de 2005, Nova Orleans foi devastada quando os diques romperam-se durante a passagem do Furacão Katrina. Cerca de 2000 pessoas foram mortas quando a tempestade atingiu Louisiana ao longo da costa litoral.

Galeria

Abaixo as fotos mostrando a evacuação de Nova Orleans. (Clique imagens para aumentar)


Fontes