Portugal declara 10 funcionários da embaixada russa persona non grata

7 de abril de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O governo português decidiu declarar 10 funcionários da Embaixada da Rússia em Lisboa persona non grata.

É o que afirma um comunicado publicado no site do Ministério das Relações Exteriores da República.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros informa que o Governo de Portugal notificou o Embaixador da Rússia da sua decisão de declarar persona non grata dez funcionários desta missão diplomática, cujas atividades representam uma ameaça à segurança nacional.

Eles terão duas semanas para deixar o país.

“O Governo de Portugal reitera a sua firme e resoluta condenação da agressão russa ao território da Ucrânia”, afirmou o Ministério dos Negócios Estrangeiros português.

Fontes