OPAS: casos de COVID-19 aumentaram 10,4% na América Latina

2 de junho de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Os casos e mortes por COVID-19 continuaram a aumentar na região, com um aumento de 10,4% nos casos em relação à semana anterior, informou a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) na quarta-feira em uma conferência virtual.

Na semana passada, houve 1.087.390 novas infecções e 4.155 mortes na semana passada no continente.

A região com maior aumento de casos foi a América do Sul, com 43,1%, e a América Central com mais mortes, com 21,3%.

A diretora da OPAS, Carissa Etienne, explicou que os casos na região aumentaram nas últimas seis semanas e que as ilhas do Caribe e do Oceano Atlântico são as únicas que não tiveram aumentos.

Ela comentou que os sistemas de saúde ainda estão se recuperando da pandemia e que, além do aumento de casos, agora enfrentam outro risco: a disseminação da varíola, hepatites virais e outras doenças respiratórias.

“Muitos lugares estão enfrentando a dupla ameaça de aumento da gripe juntamente com o aumento dos casos de COVID-19. Alguns países enfrentarão uma ameaça tripla”, disse Etienne, referindo-se ao vírus sincicial infantil. Isso “colocará os profissionais de saúde, idosos e mulheres grávidas em risco adicional”, acrescentou.

Ela também fez referência ao início da temporada de furacões e eventos climáticos extremos que pressionarão os sistemas de saúde.

Por outro lado, Ciro Ugarte, diretor de Emergências Sanitárias da OPAS, disse que, embora haja menos transmissão do vírus, atenção especial ainda está sendo dada às variantes: “continua sendo um passo muito importante na avaliação e medida contínuas que precisamos tomar em conjunto com todos os países.”

Fontes