Abrir menu principal

ONU impõe novas sanções à Coreia do Norte

Conselho de Segurança das Nações Unidas em Nova York.
Foto: Flickr.

22 de dezembro de 2017

O Conselho de Segurança das Nações Unidas vota hoje (22) para impor novas sanções à Coreia do Norte por seus testes de mísseis balísticos. Estas novas sanções foram apoiadas pela China e pela Rússia, os aliados da Coreia do Norte. Essas novas sanções, entre outras coisas, restringem a importação de derivados do petróleo para o país asiático.

Foi imposto Um teto de 500 mil barris por ano de derivados do petróleo e 4 milhões de barris anuais ao petróleo bruto. Além disso, há uma obrigação de repatriar todos os trabalhadores da Coreia do Norte que trabalham no exterior, que são estimados em quase 100 mil atualmente e contribuem para Pyongyang, mais de 500 milhões de dólares por ano. E por último, foi restringida mais a exportação de produtos norte-coreanos.

Espera-se que essas novas sanções dificultem ainda mais o financiamento do programa nuclear norte-coreano. O míssil lançado no final de novembro, segundo cálculos dos especialistas, é capaz de alcançar todo o território continental dos Estados Unidos.

Fontes

Compartilhe essa notícia: