Militares de Mianmar atacam escola com helicóptero e matam pelo menos 6 crianças

20 de setembro de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Pelo menos seis crianças morreram e 17 ficaram feridas em um ataque de helicóptero das forças militares de Mianmar a uma escola, disseram a mídia local e moradores no dia 19.

De acordo com a mídia local, uma escola em um mosteiro budista em Sagaing, no centro de Mianmar, foi atacada por forças do governo.

O ataque matou algumas crianças no local, enquanto outras morreram depois que as tropas entraram na vila, informou a mídia.

Dois moradores, que não se identificaram por razões de segurança, disseram por telefone que os corpos foram posteriormente transferidos para uma vila a 11 quilômetros de distância e enterrados.

Fotos do prédio da escola danificado por buracos de bala e manchas de sangue foram divulgadas nas redes sociais.

Os militares de Mianmar alegaram que o ataque foi uma resposta aos rebeldes.

Os militares disseram em comunicado no dia 19 que grupos rebeldes, o Exército da Independência de Kachin e a Força de Defesa dos Cidadãos, estavam escondidos em um mosteiro e usando a vila para transportar armas na área.

Enquanto isso, o Governo de Unidade Nacional de Mianmar (NUG) acusou o regime militar de "ataques direcionados" a escolas.

Fontes