23 de novembro de 2023

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O Serviço Nacional de Inteligência da Coreia do Sul anunciou hoje (23) em uma reunião a portas fechadas: “Entendemos que o terceiro lançamento de um satélite de reconhecimento pela Coreia do Norte foi bem-sucedido e entrou em órbita”.

Os deputados Yoo Sang-beom e Yoon Geon-young, que são secretários do Comitê de Inteligência da Assembleia Nacional, acusaram a Rússia de colaborar com o lançamento.

O Serviço Nacional de Inteligência disse: “Na altura da cimeira Coreia do Norte–Rússia, o presidente Vladimir Putin expressou publicamente a sua intenção de apoiar o próprio veículo de lançamento da Coreia do Norte e, após a reunião, a Coreia do Norte forneceu planos e dados relacionados com o primeiro e segundo veículos de lançamento para a Rússia”.

Além disso, em relação ao lançamento, mais de uma hora antes do horário originalmente anunciado, ele disse: “Há muitas possibilidades, mas acreditamos que foi lançado mais cedo para satisfazer as condições meteorológicas ideais”.

O Serviço Nacional de Inteligência prosseguiu: “Considerando que a velocidade de desenvolvimento de um novo satélite normalmente leva cerca de três anos, não é possível determinar as capacidades do satélite a menos que a Coreia do Norte divulgue o vídeo que mostra que tirou fotografias de Guam.”

Fontes editar