Líbano planeja construir novo armazém após 2 anos de explosão

28 de julho de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O Líbano planeja construir dois novos armazéns para combater o agravamento da crise de segurança alimentar, disse o ministro da economia do Líbano.

O ministro da Economia, Amin Salam, disse em entrevista à Associated Press no dia 27 que alguns países e organizações internacionais manifestaram interesse em financiar e licitar a construção de uma nova instalação de armazenamento, que custará US$ 100 milhões.

“Em junho passado, o Banco Europeu de Reconstrução e Desenvolvimento realizou uma investigação técnica e aprovou a construção de um armazém no porto de Trípoli, na cidade do noroeste do Mediterrâneo e em Beka, uma importante área agrícola no leste”, disse Salam.

“O armazenamento em Trípoli será construído na mesma escala que o armazenamento no porto de Beirute, e o armazenamento em Beka será menor.”

Anteriormente, 125.000 toneladas de grãos podiam ser estocadas em um depósito de grãos no porto de Beirute, que foi devastado por uma grande explosão em 2020.

Fontes