Havaí: vulcão Kilauea entra em erupção

30 de setembro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O Kilauea (Kīlauea), um dos vulcões mais ativos do mundo, entrou em erupção com "força total" ontem no Havaí. O Hawaii Volcanoes NP (Hawaiʻi Volcanoes National Park), serviço local que monitora vulcões, usou o Twitter ontem à noite para avisar que havia "uma nova erupção do Kilauea" na cratera Halemaumau.

A última erupção do vulcão havia terminado há apenas quatro meses, em maio passado.

Por ora, não há risco do vulcão atingir áreas povoadas, mas o Hawaii Volcanoes NP emitiu um alerta para os fãs observadores de vulcões que estão no Parque Nacional dos Vulcões do Havaí.

Havaí, o arquipélago dos vulcões

Todas as ilhas do Havaí foram formadas por vulcões, que lentamente emergiram do leito do mar, através do que a geologia chama de ponto quente (hot spot). A teoria mantém que, à medida que a placa tectônica do fundo do Oceano Pacífico move-se em direção ao noroeste, o ponto quente mantém sua posição (ou seja, não se move juntamente com a placa tectônica), e vai, lentamente, criando novos vulcões. Isto explica o fato de que são apenas os vulcões do sudeste do Havaí que continuam ativos. O mais recente vulcão em formação é Lō‘ihi.

A cadeia de rochedos e recifes ao centro e ao noroeste da cadeia já foram vulcões ativos, bem como as ilhas que possuíam tamanho comparável às oito grandes de tempos atuais, mas ventos, ondas e correntes do mar lentamente erodiram estas ilhas, fazendo-as diminuir de superfície.

O Havaí abriga o Parque Nacional dos Vulcões do Havaí, declarado Patrimônio Mundial.

Referências

Fontes