Frederik Vesti vence corrida curta da Fórmula 2 em Baku, Drugovich termina em 5.º

11 de junho de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Aconteceu neste sábado (11) a primeira corrida da sexta etapa do campeonato de Fórmula 2 de 2022, realizada no Circuito Urbano de Bacu, no Azerbaijão. A prova, que ficou marcada por três intervenções do caro de segurança, foi vencida pelo dinamarquês Frederik Vesti. Entre os brasileiros, Felipe Drugovich terminou na 5.ª posição enquanto Enzo Fittipaldi abandonou a corrida. Mesmo terminando apenas em quinto, Drugovich segue líder do campeonato de pilotos.

Relatório da corrida curta

 
O dinamarquês Frederik Vesti

A corrida da Fórmula 2 iniciou-se com temperatura altíssima, acima dos 30°C ambientes e chegando a 50°C no asfalto. Jake Hughes, décimo colocado no qualificatório, largou em primeiro de acordo com o sistema de grid invertido. Frederik Vesti largou em segundo e Jehan Daruvala em terceiro. Vesti largou melhor, passou Hughes, entretanto escapou na curva um e abriu espaço para Daruvala passar e assumir a ponta. Hughes ficou em segundo, enquanto Vesti caiu para o terceiro lugar. Logan Sargeant era o quarto com Richard Verschoor e Marcus Armstrong a seguir. Felipe Drugovich perdeu duas posições e estava em sétimo, Liam Lawson, Jüri Vips e Dennis Hauger completavam o Top 10.

Jack Doohan passou agressivamente por cima de uma zebra e danificou a asa dianteira. O piloto australiano recebeu uma bandeira preta e laranja da direção de prova que o obrigava a ir aos boxes fazer reparo na peça. Ele retornou à pista na última colocação.

Vesti vinha mais veloz Jake Hughes e ultrapassou para assumir a segunda colocação. Em seguida, Hughes foi ultrapassado Sargeant e Verschoor. Hughes perdeu rendimento e sofreu seguidas ultrapassagens e saiu do Top 10.

Na volta 14, Dennis Hauger tentou ultrapassar Théo Pourchaire, bateu no muro e provocou a entrada do carro de segurança. O segundo safety car foi causado pelo abandono de Enzo Fittipaldi que sofreu um toque ao tentar passar Jüri Vips. Na volta 19 houve um acidente com Richard Verschoor que provocou a terceira intervenção do carro de segurança. Na última volta, Cem Bolukbasi e Calan Williams bateram e acabaram no muro. Porém, apenas a bandeira amarela foi acionada apenas no local.

O pódio foi formado pelo vencedor Frederik Vesti seguido de Jehan Daruvala e Liam Lawson, em segundo e terceiro, respectivamente. Além dos três, Armstrong, Drugovich, Sargeant, Pourchaire e Iwasa pontuaram. Drugovich segue líder do campeonato.

Classificação final da corrida

Pos. Piloto Equipe Voltas Tempo/Abandono Grid Pontos
1 9   Frederik Vesti ART Grand Prix 21 48:36.014 2 10
2 2   Jehan Daruvala Prema Racing 21 +0.380 3 8
3 5   Liam Lawson Carlin Motorsport 21 +1.102 9 6
4 7   Marcus Armstrong Hitech Grand Prix 21 +1.517 7 5
5 11   Felipe Drugovich MP Motorsport 21 +1.764 6 4
6 6   Logan Sargeant Carlin Motorsport 21 +2.178 4 3
7 10   Théo Pourchaire ART Grand Prix 21 +2.668 12 2
8 17   Ayumu Iwasa DAMS 21 +3.246 13 1
9 24   Jake Hughes Van Amersfoort Racing 21 +5.496 1
10 16   Roy Nissany DAMS 21 +7.381 14
11 3   Jack Doohan Virtuosi Racing 21 +7.573 11
12 8   Jüri Vips Hitech Grand Prix 21 +8.027 10
13 25   Amaury Cordeel Van Amersfoort Racing 21 +8.997 19
14 12   Clément Novalak MP Motorsport 21 +9.290 20
15 15   Ralph Boschung Campos Racing 20 +1 Volta 18
16 21   Calan Williams Trident 20 +1 Volta 17
17 4   Marino Sato Virtuosi Racing 20 +1 Volta 15
18 23   Cem Bölükbaşı Charouz Racing System 20 +1 Volta 21
19 14   Olli Caldwell Campos Racing 20 +1 Volta 22
20 20   Richard Verschoor Trident 18 +3 Voltas 5
DNF 22   Enzo Fittipaldi Charouz Racing System 16 Acidente 16
DNF 1   Dennis Hauger Prema Racing 13 Acidente 8
Volta mais rápida definida por   Dennis Hauger : 1:57.308 (lap 12)

Classificação do campeonato de pilotos

 
O líder do campeonato Felipe Drugovich

Classificação do campeonato de pilotos após a corrida curta.

  1. Felipe Drugovich — 117 pontos
  2. Théo Pourchaire — 83
  3. Jehan Daruvala — 61
  4. Marcus Armstrong — 55
  5. Jüri Vips — 51
  6. Jack Doohan — 45
  7. Liam Lawson — 44
  8. Enzo Fittipaldi — 42
  9. Logan Sargeant — 41
  10. Frederik Vesti — 35
  11. Richard Verschoor — 32
  12. Ralph Boschung — 32
  13. Dennis Hauger — 30
  14. Ayumu Iwasa — 29
  15. Clément Novalak — 22
  16. Roy Nissany — 14
  17. Jake Hughes — 14
  18. Calan Williams — 5
  19. David Beckmann — 4
  20. Marino Sato — 2
  21. Cem Bölükbaşı — 0
  22. Olli Caldwell — 0
  23. Amaury Cordeel — 0

Fontes