20 de novembro de 2023

Pessoas sendo atendidas em Gaza
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Fortes combates eclodiram na segunda-feira em torno de um hospital no norte de Gaza, enquanto Israel prosseguia com sua ofensiva.

O ministério da saúde em Gaza disse que pelo menos 12 pessoas morreram quando uma bomba atingiu o segundo andar do hospital indonésio. Os militares de Israel não comentaram.

O ministro das Relações Exteriores da Indonésia, Retno Marsudi, condenou o ataque e culpou Israel.

"A Indonésia condena veementemente o ataque israelita ao Hospital Indonésio em Gaza, que matou vários civis. O ataque é uma violação clara do direito humanitário internacional. Todos os países, especialmente aqueles com laços estreitos com Israel, devem usar toda a sua influência e capacidades, para exortar Israel a parar com suas atrocidades", disse ele em um comunicado.

Enquanto isso, 28 bebês prematuros evacuados do hospital Shifa, em Gaza, no domingo, chegaram ao Egito, informou a mídia estatal egípcia.

A missão de domingo para evacuar as crianças foi “muito perigosa e muito difícil”, disse Tony Fricker, da UNICEF, à BBC. “Foi um resultado positivo muito pequeno nas horríveis 48 horas.”

Um médico do hospital no sul de Gaza para onde as crianças foram transferidas disse à CNN que as condições dos bebês são estáveis, mas difíceis. Ele disse que suas condições “podem piorar a qualquer momento”. O Crescente Vermelho Palestino disse na segunda-feira que levou 28 crianças para a passagem de fronteira de Rafah, onde equipes médicas egípcias os aguardam.

A UNICEF está trabalhando, disse Fricker, para identificar os pais dos bebês e familiares.

Israel publicou no domingo um vídeo do que descreveu como um túnel escavado por militantes do Hamas sob o Hospital Shifa, um foco de suas missões.

Embora reconheça que possui uma rede de centenas de quilômetros de túneis secretos, bunkers e poços de acesso em todo o enclave palestiniano, o Hamas negou que estes estejam em infra-estruturas civis, como hospitais.

Fontes editar