Estados Unidos investigam surto causado por E. coli

8 de fevereiro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram
A E. Coli vista no microscópio

O CDC (Centers for Disease Control and Prevention) dos Estados Unidos está investigando desde a semana passada um surto interestadual de infecção por E. Coli. Autoridades acreditam que a fonte de contaminação seja um alimento.

Dezesseis (16) casos foram reportados em cinco estados: Arkansas (6), Nova York (1), Oklahoma (5), Virgínia (2) e Washington (2). Nove destas pessoas ficaram em estado grave e precisaram ser hospitalizadas, sendo que destas, três pessoas desenvolveram insuficiência renal e uma morreu em Washington.

A cepa do vírus que está causando este surto já provocou outros casos e foi encontrada em diversos alimentos e água contaminados, incluindo alface e água usada para recreação.

A doença

A E. Coli produz a toxina Shiga, que causa fortes cólicas estomacais, diarreia (frequentemente com sangue) e vômitos. Os sintomas geralmente começam 3 a 4 dias após infecção com a bactéria.

A maioria das pessoas se recupera sem tratamento após 5 a 7 dias, mas algumas pessoas podem desenvolver um tipo de insuficiência renal (síndrome hemolítico-urêmica, também chamada de SHU) e precisam ser hospitalizadas.

Fontes