Espanha e Portugal lideram casos de varíola do macaco na União Europeia; maioria dos contaminados são homens gays: diferenças entre revisões

m
wikificação
[edição verificada][edição verificada]
(Criei uma notícia)
 
m (wikificação)
{{Infotabela Europa}}
{{data|28 de maio de 2022}}
 
O ECDC ''(European Centre for Disease Prevention and Control)'' da União Europeia anunciou no dia 25 passado que a maioria dos casos de [[w:Varíola dos macacos|varíola do macaco]] está ocorrendo em homens jovens, autoidentificados como HSH (''men who have sex with men''; homens que têm sexo com outros homens), e que na maioria dos infectados apresentam lesões na genitália ou área perigenital, indicando que a transmissão provavelmente ocorreu durante o ato sexual.
 
Os países com mais casos reportados até agora são a Espanha (51), Portugal (37) e os Países Baixos (6).
 
''';A doença'''
 
Especialistas em saúde alertam que ela não é uma doença que deve ser associada aos [[w:Homossexuais|homossexuais]] ou mesmo à atividade sexual, já que o vírus pode ser transmitido de diversas formas, como através da saliva ou através do fluido que sai das erupções cutâneas.
 
 
== Referências ==
 
* [[w:Varíola dos macacos|Varíola dos macacos]], Wikipédia.
 
== Fontes ==
 
* {{Fonte|idioma=en|url=https://www.ecdc.europa.eu/en/news-events/epidemiological-update-monkeypox-multi-country-outbreak|título=Epidemiological update: Monkeypox multi-country outbreak|pub=ECDC|data=25 de maio de 2022}}
* {{Fonte|idioma=en|url=https://pt.euronews.com/2022/05/27/o-risco-do-estigma-com-a-variola-dos-macacos|título=O risco do estigma com a varíola dos macacos|pub=Euronews|data=27 de maio de 2022}}{{Mídias sociais}}