União Europeia condena veementemente ciberataque contra a Ucrânia: diferenças entre revisões