Covid-19: professores de SP entram em greve dias depois do retorno das aulas; mais de 140 casos de covid foram detectados nas escolas: diferenças entre revisões

m
arquivando notícia utilizando AWB
[edição verificada][edição verificada]
m (Protegeu "Covid-19: professores de SP entram em greve dias depois do retorno das aulas; mais de 140 casos de covid foram detectados nas escolas": arquivando notícia ([Editar=Permitir apenas administradores] (indefinidamente) [Mover=Permitir apenas administradores] (indefinidamente)))
m (arquivando notícia utilizando AWB)
''<small>Por Brasil de Fato</small>''
 
O Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de {{pw|São Paulo}} (Apeoesp) anunciou, na tarde desta sexta-feira (5), que a categoria entrará em greve a partir do dia 8 contra o retorno presencial das aulas no estado.
 
As aulas presenciais foram retomadas esta semana. Desde então, a Apeoesp contabilizou 147 casos de {{pw|covid-19}} em escolas.
 
A paralisação, segundo o sindicato, tem como objetivo "preservar vidas, tanto de professores quanto de estudantes, funcionários e familiares."
 
== Fonte ==
* [https://www.brasildefato.com.br/2021/02/05/contra-volta-das-aulas-presenciais-professores-de-sp-entram-em-greve-na-segunda-8 Contra volta das aulas presenciais, professores de SP entram em greve na segunda (8)], Brasil de FAto, 05 de fevereiro de 2021.
 
 
{{Brasil de Fato}}
[[Categoria:Saúde]]
[[Categoria:Educação]]
{{Arquivada}}