97 pessoas morrem em tumultos na Etiópia após assassinato de um cantor: diferenças entre revisões

Added image
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel Edição móvel avançada
 
(Added image)
{{data|4 de julho de 2020}}
{{Obituário}}
[[imagem:HachaluHundessa2019.jpg|thumb|230px|esquerda|Hachalu Hundessa]]
O assassinato do popular cantor e ativista {{w|oramas|oromo}}, Hachalu Hundessa, causou enorme indignação por parte de seus compatriotas e motins na capital da Etiópia e diversas outras áreas. 97 pessoas já foram mortas, incluindo quatro policiais.