Diferenças entre edições de "Pré-olímpico de handebol masculino é remarcado para março de 2021"

(Arquivando noticia com mais de sete dias.)
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel Edição móvel avançada
{{Tóquio2020}}
{{Desporto}}
{{Contrib-ABr}}
{{data|26 de abril de 2020}}
ANa última sexta-feira (24), a {{w|Federação Internacional de Handebol}} (IHF, na siglaabreviação em inglês) anunciou na {{wikt|último|última}} sexta (24) que remarcou seusos próximos {{wikt|evento}}sjogos pordevido conta daà pandemia dode novo coronavírus (Covid{{p|COVID-19)}}, entre elesincluindo os torneiosjogos pré-olímpicos da modalidade.
 
Portanto, a entidade decidiu reagendar os eventos pré-olímpicos dos homens para 12 e 14 de março de 2021. Anteriormente, seria realizado de 17 a 19 de abril de 2020. O time masculino do {{w|Brasil}} ainda busca uma vaga nas {{w|Jogos Olímpicos de Verão de 2020|Olimpíadas}}. A disputa ocorrerá com equipes da {{w|Noruega}}, {{w|Coreia do Sul}} e {{w|Chile}}.
Segundo a IHF, a decisão foi tomada porque “os órgãos de governo concluíram que a organização dos próximos eventos durante as datas originalmente programadas não é possível devido ao atual surto de Covid-19. Segundo a {{w|Organização Mundial da Saúde}} ({{wikt|OMS}}), o vírus deve se espalhar ainda mais pelo mundo e, portanto, {{wikt|sediar}} eventos neste {{wikt|verão}} [europeu] não é uma opção. Além disso, muitas equipes qualificadas para eventos da IHF em {{w|2020}} são afetadas pelas medidas restritivas impostas por seus {{wikt|país}}es, impedindo-os de se prepararem para os eventos conforme planejado”.
 
Os jogos pré-olímpicos das mulheres serão realizados de 19 a 21 de março. Antes da pandemia, estavam marcados para 20 a 22 de março de 2020. Depois de vencer o {{w|Jogos Pan-Americanos de 2019}} em {{w|Lima}}, {{w|Peru}}, a equipe feminina brasileira se classificou para os Jogos Olímpicos de Tóquio de 2020.
Desta forma, a entidade decidiu remarcar o pré-olímpico {{wikt|masculino}} da modalidade para o período de 12 a {{w|14 de março}} de 2021. Anteriormente o evento aconteceria entre 17 e {{w|19 de abril de 2020}}. Entre os {{wikt|homem|homens}}, o {{w|Brasil}} ainda busca uma das duas vagas olímpicas em jogo. A disputa será com as seleções {{wikt|norueguês|norueguesa}}, {{wikt|sul-coreano|sul-coreana}} e {{wikt|chileno|chilena}}.
 
SegundoConforme a IHF, a decisãoo foiadiamento tomadaocorreu porque “os órgãos de governo concluíram que a organização dos próximos eventos durante as datas originalmente programadas não é possível devido ao atual surto de Covid-19. Segundo a {{w|Organização Mundial da Saúde}} ({{wikt|OMS}}), o vírus deve se espalhar ainda mais pelo mundo e, portanto, {{wikt|sediar}} eventos neste {{wikt|verão}} [europeu] não é uma opção. Além disso, muitas equipes qualificadas para eventos da IHF em {{w|2020}} são afetadas pelas medidas restritivas impostas por seus {{wikt|país}}es, impedindo-os de se prepararem para os eventos conforme planejado”.
 
Já o pré-olímpico {{wikt|feminino}} acontecerá entre 19 e {{w|21 de março}}. Antes a {{wikt|competição}} aconteceria entre 20 e {{w|22 de março de 2020}}. A seleção feminina do Brasil já tem vaga garantida em Tóquio 2020 após {{wikt|conquistar}} os {{w|Jogos Pan-Americanos de 2019}}, {{wikt|realizado}}s em {{w|Lima}} ({{w|Peru}}).
{{opine}}
==Fonte==
|data = 26 de abril de 2020, às 14h42min
}}
 
{{Agência Brasil}}
{{Publicado}}
{{Arquivada}}
[[Categoria:COVID-19]]
[[Categoria:Federação Internacional de Handebol]]
[[Categoria:Organização Mundial da Saúde]]
[[Categoria:Brasil]]
[[Categoria:Jogos Pan-Americanos de 2019]]
[[Categoria:Jogos Olímpicos de Verão de 2020]]
[[Categoria:Peru]]
[[Categoria:Lima]]