Diferenças entre edições de "Chanceler propõe grupo para ajudar governo interino da Venezuela"

Added category
(+ Notícia)
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
 
(Added category)
O {{w|Ministério das Relações Exteriores|ministro das Relações Exteriores}}, {{w|Ernesto Araújo}} disse hoje (1º) que o {{w|Brasil}} propôs a criação de um grupo interministerial para discutir ações de apoio ao processo de transição política na {{w|Venezuela}}, sob coordenação Casa Civil. O objetivo é debater medidas para ajudar o governo interino da Venezuela do presidente {{w|Juan Guaidó}}, incluindo ajuda humanitária ao país vizinho, assim como sanções contra a gestão do presidente {{w|Nicolás Maduro}}.
 
O {{w|Chanceler|chanceler}} disse que não há um “prazo” para efetivação da proposta. “[O grupo] ainda não está estabelecido, esperamos que possa ser em breve”, disse Araújo, que justificou a existência da proposta como uma resposta de apoio do governo brasileiro à Guaidó.
 
Uma série de medidas está sendo analisada para a Venezuela. Na lista, estão o incremento da ajuda humanitária à Venezuela, a renegociação de dívidas ou alargamento do prazo para o pagamento e até um possível congelamento de bens de autoridades venezuelanas ligadas ao governo de Nicolás Maduro, além de outras sanções específicas que, de acordo com o ministro, favoreçam a troca de poder na Venezuela.
[[Categoria:Mundo]]
[[Categoria:Brasil]]
[[Categoria:Ernesto Araújo]]