No Rio, Mangueira e Portela encerram desfiles na noite de hoje: diferenças entre revisões

Adicionados wikilinks
[edição verificada][edição verificada]
(Eu estou criando a notícia "No Rio, Mangueira e Portela encerram desfiles na noite de hoje".)
 
(Adicionados wikilinks)
{{Contrib-ABr}}
{{data|27 de fevereiro de 2017}}
O grupo especial do {{w|Rio de Janeiro}} terá hoje (27) sua segunda noite de desfiles, que será encerrada pelas duas maiores campeãs do {{wikt|carnaval}}: {{w|Portela (escola de samba)|Portela}} e {{w|Estação Primeira de Mangueira|Mangueira}}.
 
Na primeira noite, desfiles grandiosos de Beija-Flor e Salgueiro e as participações emocionantes na {{w|Grande Rio}} e na Imperatriz foram os destaques. Na {{w|Paraíso do Tuiuti}}, um carro alegórico atropelou 20 pessoas e três estão internadas, em estado grave, no Hospital Souza Aguiar.
A {{w|Unidos da Tijuca}} vai unir o saxofonista {{w|Louis Armstrong}} e o compositor {{w|Pixinguinha}}, em uma homenagem à importância dos dois para a música do Continente Americano. O enredo cria a partir de um encontro real entre os gênios, ocorrido em 1957, no Palácio das Laranjeiras, no {{w|Rio de Janeiro}}. O desfile está marcado para 2h15.
 
Logo depois, é a Portela que desfila na {{w|Marquês de Sapucaí}}, às 3h40. A escola de {{w|Madureira (bairro do Rio de Janeiro)|Madureira}} vai falar do papel central dos rios na vida humana, desde a formação das civilizações, o comércio e a urbanização. A fé, os mitos e a necessidade de preservação dos rios também estão na programação da escola.
 
Campeã no ano passado, a Mangueira entra com peso na avenida, às 4h50, e pede {{wikt|intercessão}} aos santos para ganhar mais um carnaval. A escola vai levar para a Sapucaí os santos que marcam a fé {{wikt|brasileiro|brasileira}}, sejam eles {{wikt|católico}}s ou de matriz {{wikt|africano|africana}}.