Deputado britânico é destituído do cargo por se fotografar com amigo nazista: diferenças entre revisões

m
sem resumo de edição
Sem resumo de edição
mSem resumo de edição
Burley, que assistiu a uma festa em uma estação de esqui na {{w|França}} para uma despedida de solteiro, não se deu conta da virada com que tomou a celebração ao ver que um dos convidados fizeram brindes ao {{w|Terceiro Reich}}, segundo [http://www.dailymail.co.uk/news/article-2075649/David-Cameron-sacks-MP-Aidan-Burley-links-Hitler-stag-party.html fotografias tiradas] pelo jornal ''{{w|The Mail on Sunday}}'', que registrou o acontecimento ocorrido em 3 de dezembro.
 
Apesar dos arrepentimientosarrependimentos manifestados pelo deputado ''Tory'' (como são chamados os conservadores no Parlamento britânico) através de [http://twitter.com/aidanburleymp seu perfil] no {{w|Twitter}}, os conservadores consideravam a conduta de Burley como "tonta, estúpida e ofensiva", razão pela qual o primeiro-ministro {{w|David Cameron}} ordenou uma investigação a fundo.
 
Não é a primeira vez que ocorrem escândalos de personalidades envolvidas com o temática nazista no Reino Unido, já que em 2005, o príncipe {{w|Henry de Gales}} [http://news.bbc.co.uk/2/hi/4170083.stm protagonizou um similar] em uma festa de disfarces, na qual posteriormente se viu obrigado a se desculpar publicamente.
1 257

edições