Diferenças entre edições de "São Tomé: Três dias de Luto Nacional por Omar Bongo"

m
Bot: Alteração de datas
m (Configurou a versão estável de São Tomé: Três dias de Luto Nacional por Omar Bongo: Política de proteção [Precedência: Nenhum, Padrão: Atual, autoreview=sysop])
m (Bot: Alteração de datas)
Depois do {{w|Comité de Libertação de São Tomé e Príncipe}} ter transformado em MLSTP em 1972 em {{w|Malabo}}, {{w|Guiné-Equatorial}}, com {{w|Manuel Pinto da Costa}} que ascendeu a Secretário-geral do movimento após da sua chegada da então Alemanha Oriental, sufocou as sucessivas demandas que reinava na altura entre Guadalupe de Ceita e Miguel Trovoada.
 
Devido a divergências em Malabo com o antigo Presidente {{w|Massias Nguema}}, o MLSTP instalou-se no Gabão aproveitando a proximidade, visibilidade internacional e segurança dos seus membros. Bongo acolheu e financiou o MLSTP durante a luta contra Portugal, até a independência de São Tomé e Príncipe a {{W|12 de Julhojulho}} de {{W|1975}}.
 
O presidente promulgou o Decreto Governamental onde considera que:
== Fonte ==
*{{fonte|url=http://www.jornaldigital.com/noticias.php?noticia=18537|título=São Tomé: Três dias de Luto Nacional por Omar Bongo|autor=|pub=Jornal Digital|data=9 de junho de 2009, 13:04:02}}
 
{{Publicado}}
 
[[Categoria:Política e conflitos]]
[[Categoria:Europa]]
[[Categoria:África]]
 
[[Categoria:Alemanha]]
[[Categoria:Gabão]]
[[Categoria:Portugal]]
[[Categoria:São Tomé e Príncipe]]
 
{{Publicado}}
5 179

edições