Em nova teoria, cientistas dizem que foi cometa e não asteroide que levou dinossauros à extinção

18 de fevereiro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Pesquisadores de Harvard publicaram uma nova teoria na revista Scientific Reports sobre a extinção dos dinossauros, afirmando que foi um pedaço de cometa, e não um asteroide, que caiu na Terra e levou à morte esta e outras espécies, causando o fim do período Cretáceo-Paleógeno

O cometa teria se originado da Nuvem de Oort, um grupo de objetos gelados localizados na borda do sistema solar, tinha cerca de 80 km de diâmetro e pesava cerca de 1 trilhão kg, afirmaram os estudiosos.

O impacto do corpo celeste na Terra causou o surgimento da cratera de Chicxulub, localizada na Península de Yucatán, México, e que tem cerca de 180 quilômetros.

"Um cometa é um pedaço de lixo espacial feito principalmente de gás congelado, enquanto um asteroide é um pedaço de rocha mais comumente encontrado no Cinturão de Asteroides, uma coleção de asteroides entre Marte e Júpiter", explicou um meteorologista da CNN.

Fontes