Elon Musk anuncia projecto para levar internet a 19 mil escolas na Amazónia

21 de maio de 2022

Elon Musk
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O multimilionário ameriano Elon Musk anunciou nesta sexta-feira, 20, no Brasil um projecto para levar acesso à internet às escolas na Amazônia e melhorar a monitoria por satélite da maior floresta tropical do mundo.

Musk fez o anúncio no Twitter antes de participar num evento juntamente com o Presidente brasileiro Jair Bolsonaro num hotel de luxo em São Paulo.

“Super animado por estar no Brasil para o lançamento do Starlink para 19 mil escolas desconectadas em áreas rurais e monitoramento ambiental da Amazônia!”, escreveu o presidente-executivo da SpaceX e Tesla.

Depois, Bolsonaro e Musk participaram num evento exclusivo para cerca de 100 em Porto Feliz em São Paulo.

A visita de Musk faz parte do lançamento de um projecto que envolve a Starlink, rede de satélites da empresa Space X, que promete internet de alta velocidade e acesso em locais remotos.

O empresário não deu mais detalhes do projecto nem da sua visita, nem o Governo confirmou o encontro, mas a imprensa divulgou fotos da chegada dele e do Presidente ao local, mas em momentos separados.

Entretanto, o ministro das Comunicações Fabia Faria também nas redes sociais disse que o objectivo do encontro com representantes do Governo brasileiro é discutir “a conectividade e protecção da Amazónia.”

No mês de Janeiro, a Starlink, sistema de satélites da SpaceX, recebeu o direito de exploração no Brasil de satélite estrangeiro não-geoestacionário de baixa órbita da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), o que lhe permite oferecer a internet em todo o território até 2027.

Em Fevereiro, o Instituto Nacional de Comunicações de Moçambique (INCM) de Moçambique anunciou a atribuição de uma licença à empresa Starlink, de Elon Musk.

“A atribuição desta licença vai trazer enormes benefícios ao ecossistema das tecnologias de informação e comunicação em Moçambique”, disse a agência reguladora.

A Starlink pretende criar uma constelação de satélites para fornecer serviços de internet de banda larga e cobertura global a baixo custo.

Fontes