El Salvador aprova nova prorrogação do estado de emergência

23 de junho de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

A pedido do governo do presidente salvadorenho Nayib Bukele, a Assembleia Legislativa aprovou uma terceira prorrogação do estado de emergência para continuar a luta contra as gangues, que consideram responsáveis ​​pela maior parte dos crimes no país centro-americano.

“Embora seja verdade que estamos vencendo esta guerra, ainda há trabalho a ser feito”, disse o ministro da Segurança, Gustavo Villatoro, ao apresentar o pedido de prorrogação do regime de emergência por mais 30 dias.

“A missão que os salvadorenhos estão nos dando é clara, erradicar esses terroristas do território salvadorenho”, disse.

A prorrogação foi aprovada com os votos de 67 dos 84 deputados do Congresso unicameral.

Villatoro assegurou que a captura de milhares de membros de gangues conseguiu reduzir os índices de homicídios, extorsões, porte de armas e drogas.

Organizações de direitos humanos denunciaram repetidas irregularidades, incluindo prisões arbitrárias e violações do devido processo legal. Além disso, pediram a Bukele que ponha fim ao regime de emergência e reverta as reformas do Código Penal aprovadas pelo Congresso, argumentando que tais medidas violam os direitos humanos da população.

No entanto, o ministro da Segurança destacou o apoio que, segundo ele, a população tem manifestado às medidas. Segundo pesquisas recentes de duas prestigiosas universidades do país, mais de 80% dos salvadorenhos aprovam o regime de exceção.

“Todo mundo que defende os direitos de criminosos e terroristas está no país errado. Os salvadorenhos são ouvidos aqui”, disse Villatoro.

Fontes