EUA e UE concordam com primeiro corte de tarifas em 20 anos

22 de agosto de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Os Estados Unidos e a União Europeia assinaram um acordo na sexta-feira para um pacote de corte de tarifas que expandirá o acesso aos mercados de exportação em centenas de milhões de dólares. Este é o primeiro corte de tarifas acordado em mais de duas décadas. O anúncio foi feito pelo Representante de Comércio dos EUA, Robert Lighthizer, e pelo Comissário de Comércio da União Europeia, Phil Hogan.

De acordo com o texto do comunicado, a UE vai abolir os impostos sobre as importações de lagostas vivas e congeladas dos Estados Unidos. Em 2017, mais de US$ 111 milhões em lagostas foram exportados dos Estados Unidos. Eles serão cancelados por cinco anos e a Comissão Europeia iniciará imediatamente os procedimentos para garantir que tais mudanças sejam permanentes.

Os Estados Unidos reduzirão suas tarifas sobre certos produtos importados da UE em 50% a um custo médio anual de US$ 160 milhões, incluindo certos alimentos processados, certos tipos de cristais, combustível para foguetes e isqueiros.

“Como parte da melhoria das relações entre a UE e os Estados Unidos, este acordo mutuamente benéfico trará resultados positivos para a economia americana e europeia. Gostaríamos que este pacote tarifário marcasse apenas o início de um processo que levará a acordos adicionais, criando um comércio transatlântico mais livre, justo e recíproco”, disseram os representantes.

Fontes

Compartilhe
essa notícia: