Coronavírus: estudo indica que a maioria dos casos é "leve"

19 de fevereiro de 2020

link=mailto:?subject=Coronavírus:%20estudo%20indica%20que%20a%20maioria%20dos%20casos%20é%20"leve"%20–%20Wikinotícias&body=Coronavírus:%20estudo%20indica%20que%20a%20maioria%20dos%20casos%20é%20"leve":%0Ahttps://pt.wikinews.org/wiki/Coronav%C3%ADrus:_estudo_indica_que_a_maioria_dos_casos_%C3%A9_%22leve%22%0A%0ADe%20Wikinotícias Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Um estudo divulgado pelo Centro de Prevenção e Controle de Doenças da China (sigla em inglês: CCDC) indicou que a maioria das infecções causadas pelo COVID-19 é "leve". Após analisar cerca de 72 mil casos no país, a pesquisa demonstrou que 80,9% dos doentes apresentou sintomas brandos; 13,8% dos casos se tornaram graves e 4,7% dos pacientes ficou em estado crítico.

A taxa de mortalidade geral, segundo a pesquisa, é te 2,3%, sendo o grupo dos idosos - pessoas com 80 anos de idade ou mais - o que tem a taxa mais alta: 14,8%.

O estudo, divulgado na segunda passada, revelou também que doenças pré-existentes, como doenças cardiovasculares, diabetes, doenças respiratórias crônicas e hipertensão, aumentam o risco de morte.

Notícias Relacionadas

  • Coronavírus: na China, mortes se aproximam de dois mil

Fontes