Conflito armênio-azerbaijano intensifica tensão entre Turquia e Rússia

18 de julho de 2020

Continuam os confrontos armados entre Armênia e Azerbaijão, aumentando as tensões entre a Turquia e a Rússia, que apoiam os lados opostos no conflito: Ancara apoia o Azerbaijão e Moscou apoia a Armênia.

“A Turquia está sempre pronta para resistir a qualquer ataque aos direitos e terras do Azerbaijão”, disse o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdoğan.

Erdoğan sugeriu que por trás dos últimos confrontos há um plano maior. “Isso não é apenas uma violação de fronteiras e conflitos, mas um ataque deliberado ao Azerbaijão. Sem dúvida, este ataque mostra que a Armênia está agindo de maneira desproporcional às suas forças”, observou ele.

A mídia pró-governo turca se apressou em acusar Moscou de pressionar a Armênia a atacar o Azerbaijão, mas essas acusações não foram apoiadas por evidências. Moscou rejeita essas alegações.

Ancara e Moscou já estão envolvidas em outros conflitos, pois apoiam partes distintas na guerra da Líbia e Síria. “A Armênia e o Azerbaijão correm o risco de se tornar a próxima plataforma, como Síria e Líbia. Os militares russos já foram enviados para a região”, disse Zaur Gasimov, especialista da Universidade de Bonn.

Fontes

Compartilhe