23 de novembro de 2023

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O diretor executivo da Time for Fun (frequentemente referida como T4F), Serafim Abreu, pediu desculpas publicamente após o registro de diversos transtornos na organização de shows da cantora norte-americana Taylor Swift no Rio de Janeiro.

"Quero aqui pedir desculpas a todos que não tiveram a melhor experiência possível. Entregar o melhor evento sempre será o nosso compromisso. Também peço desculpas pela demora em realizar essa manifestação pública, pois nosso foco estava em incorporar os aprendizados que tivemos", afirmou.

A empresa está sendo investigada após a morte da jovem Ana Clara. Segundo informações preliminares, ela sofreu uma parada respiratória em decorrência das altas temperaturas registradas. Além dela, outras dezenas de pessoas passaram mal. A T4F não disponibilizou água no dia do ocorrido. "Abrimos o inquérito e ontem mesmo já começamos a ver a possibilidade dele ser ouvido, com questões de agenda e tudo mais. Mas ele vai ser ouvido, assim como outras diligências já começaram a ser feitas", disse o delegado de polícia do Rio. Os fãs de Swift realizaram doações para o traslado do corpo.

"Infelizmente, pela primeira vez em mais de 40 anos de atuação, tivemos uma fatalidade em um evento organizado pela Time for Fun. Estamos absolutamente desolados, muito tristes com a perda da jovem Ana Clara, apesar do pronto atendimento e de todos os esforços realizados pelas equipes médicas no evento e no hospital. À família de Ana Clara quero expressar os nossos mais sinceros sentimentos. Coloco aqui, agora publicamente, a nossa disposição em prestar assistência no que for necessário, como já dissemos diretamente para os membros da família e para o advogado que os representa, por telefone, por escrito, desde o ocorrido", completou Serafim Abreu.

Taylor deixou o Rio e deve se apresentar em São Paulo.

Notícia relacionada editar

Fontes editar