Assembleia Nacional da Nicarágua aprova a entrada de tropas estrangeiras

15 de junho de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

A Assembleia Nacional da Nicarágua aprovou a entrada de tropas estrangeiras no país na manhã desta terça-feira, incluindo tropas russas, apesar das críticas dos Estados Unidos, que alertaram para possíveis consequências, como avaliar seriamente a exclusão de Manágua de um importante tratado comercial.

O decreto que autoriza a entrada de tropas "para fins humanitários" foi enviado à Assembleia pelo presidente Daniel Ortega e aprovado "em caráter de urgência" com 78 votos a favor, 0 contra e 11 abstenções.

A aprovação da proposta ocorre em um momento em que a Rússia enfrenta um isolamento devido à invasão da Ucrânia em 24 de fevereiro, o que levou a uma onda de sanções contra o Kremlin pela comunidade internacional.

Durante o curto debate parlamentar, os deputados governistas acusaram a mídia estrangeira, a quem acusaram de “mentirosas” porque, segundo eles, “distorcem” e “geram ansiedade em Manágua.”

Mas o legislador Wálmaro Gutiérrez disse que mais de 40 decretos dessa natureza foram aprovados desde 2007.

A possível chegada de tropas estrangeiras tem causado preocupação nos Estados Unidos, mas também no país vizinho, Costa Rica, onde se encontram milhares de refugiados como resultado da crise política iniciada em 2018.

Fontes