Angola e Brasil assinam acordo no sector de defesa

2 de junho de 2022

Carlos Alberto Franco França, ministro brasileiro das Relações Exteriores
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Agência VOA

Os governos de Angola e do Brasil vão assinar um acordo de cooperação no domínio da defesa durante a visita que o ministro brasileiro das Relações Exteriores, realiza a Luanda de 1 a 3 de Junho.

Carlos Alberto Franco França vai participar da 3ª reunião da Comissão Bilateral de Alto Nível Brasil-Angola (CBAN) e na reunião ordinária do Conselho de Ministros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

“Durante a 3ª CBAN, serão celebrados os 47 anos de relações diplomáticas e a fluidez da parceria estratégica entre os dois países. A história de amizade e de cooperação entre Brasil e Angola tem-se desdobrado em iniciativas no campo da cooperação em defesa, técnica e educacional, na concertação no âmbito dos organismos multilaterais e no crescente comércio bilateral”, lê-se numa nota distribuída pelo Ministério das Relações Exteriores do Brasil.

A mesma fonte destaca que “os indicadores da relação económica entre Brasil e Angola têm aumentado, com o fluxo de comércio bilateral a crescer 8% em 2021 e somando 577,5 milhões de dólares”.

Nos primeiros quatro meses desde 2022, as trocas comerciais entre os dois países ascenderam a 276,7 milhões de dólares, o dobro em relação ao mesmo período do ano passado.

Na quinta-feira, 2, terá lugar um seminário sobre“Parceria económica Brasil-Angola – soluções de financiamento”, com a presença de empresários brasileiros e angolanos.

Nesse dia realiza-se também um evento cultural na unidade do Instituto Guimarães Rosa, com apresentação do grupo Cores de Aidê, que exibe espetáculo de percussão, dança e voz com repertório, figurino, coreografias e arranjos próprios a partir de influências afro-brasileiras.

Carlos Alberto Franco França também estara na presente na reunião ministerial da CPLP que vai analisar a cooperação económica.

Fontes